Dia Internacional da Mulher – Comemore suas escolhas!

O post de hoje é mais que especial. É dia de dizer a você “Parabéns pelo seu dia!”
Mas vamos além das homenagens. Nesse espaço pensado e preparado para vocês, mulheres, vamos lembrar que o dia 8 de março é marcado como um dia de luta pelos nossos direitos com uma reflexão: qual é a sua luta?

Todos os anos somos homenageadas e citadas por nossa força e delicadeza. Somos seres polivalentes! No campo profissional podemos ser atletas, empresárias, artistas, motoristas, programadoras, líderes políticas, modelos, cozinheiras, médicas, delegadas, engenheiras, comandantes, enfim… Podemos ser o que quisermos! E pensando de maneira mais ampla ainda podemos ser:

– Esposa dedicada, pois temos paixão e habilidades para cuidar do marido e da casa;

– Profissional bem sucedida, pois não nos falta resiliência e espírito de liderança;

– Musa fitness, pois temos a graça, a beleza e a determinação;

– Super mãe, pois temos o instinto e amor infinito por nossos filhos;

E aqui cabe a reflexão: Poder não significa dever ser… então, o que você quer ser? Quais são suas prioridades, suas escolhas?

Convenhamos que não dá pra vestir a capa da Mulher Maravilha e ser tudo o tempo todo! E por isso hoje eu quero falar sobre o respeito às nossas escolhas. 

Hoje nossa luta vai além dos nossos direitos. Queremos respeito. Por quem somos e por nossas escolhas. O que escolhemos ser e o que escolhemos não ser! Temos que nos permitir priorizar o que nos faz feliz! Equilibrar todos os nossos desafios, sem tanta cobrança. Entender que precisamos e devemos buscar apoio. E que algumas vezes teremos que abrir mão de algumas coisas. O que importa é que sejam suas escolhas. E que essas escolhas sejam respeitadas e apoiadas. Este é o caminho para ocuparmos nosso espaço na sociedade e no mercado de trabalho. 

É um grande desafio quando uma profissional resolve ser mãe ou quando uma mãe decide trabalhar ou empreender. Para  conciliar todos os compromissos com mamadas, idas ao pediatra, cuidados do dia a dia, denguinho, levar à escolinha e tantas outras situações, é preciso uma rede de apoio. Empresas que entendam e busquem maneiras de enfrentar esses desafios com suas funcionárias, indo além da licença maternidade. Mais oportunidades de trabalhar em casa, flexibilidade de horário, acolhimento! E é claro, todo o apoio familiar, que inclui marido, mãe, sogra, tia, enfim… todos que puderem dividir a responsabilidade do cuidado com o bebê. E para as mamães que não tem uma rede de apoio tão grande, a UpNanny chega com a missão de fazer parte da sua rede, disponibilizando babás capacitadas pra cuidar do seu filho, sempre que precisar. Para conhecer mais sobre nossa proposta ou requisitar uma babá acesse upnanny.com.br 

E para inspirar e incentivar ainda mais a sua luta nesse dia especial, assistam a entrevista com Adiane Mitidiero, fundadora do Mulher [+] no nosso canal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: